A Cia. Nó ao Vento

Fundada em 2010, na cidade de São Paulo, a partir da montagem do espetáculo "Navalha na Carne", de Plínio Marcos, a Cia Nó ao Vento nasceu de uma vontade inicial para a concretização desse espetáculo, mas tomou vida própria com a integração de novos marujos que, juntos, tinham a necessidade de um trabalho contínuo em teatro, à procura de uma forma própria de se comunicar.

Nosso maior objetivo é navegar por textos e fragmentos teatrais para aproximá-los a outros olhares e linguagens, para atar e desatar nós que possam existir, trazendo à tona a criação, o ator, a humanidade, o sonhar, o não sonhar e o trabalho.

Nossos trabalhos:

Navalha na Carne, de Plínio Marcos  - 2010/2011 
Direção de Mônica Granndo
Elenco: Rita Brafer, Eder Soares e Admir Calazans

Anna e Bárbara, um fragmento – fragmento cênico livremente inspirado nos personagens Anna e Bárbara da peça Calabar, de Chico Buarque e Ruy Guerra -  2011 
Direção: Dríades Carolina
Elenco: Rita Brafer e Denise Araújo

A Caravana da Ilusão, de Alcione Araújo - 2013/2014
Direção: Ricardo Lunghin e Ana Paula Martinez
Elenco: Rita Brafer, Caco Ruffolo, Greice Delfim, Mega Júnior e Carlos Almeida


Curiosidade: O nome, Cia. Nó ao Vento, veio através um sonho onde a atriz Rita Brafer via pessoas navegando em um pequeno barco a vela em meio a uma tempestade e pela união, pela soma de forças daquelas pessoas, o barco não afundava, superava a tempestade e chegava a uma praia. E ao chegar na praia ela percebia que as velas daquela embarcação eram as máscaras do drama e da comédia.


“Cia Nó ao Vento - Nó forte. Nó de pescador de arte.
Se o vento sacode ou se o mar serenou, nós navegamos sempre!"




Contatos
E-mail: cianoaovento@gmail.com
Facebook: www.facebook.com/cianoaovento
Twitter: www.twitter.com/cianoaovento
Canal no Youtube: www.youtube.com/cianoaovento